quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Médico vai tentar provar que Michael Jackson se suicidou!

Os advogados de Conrad Murray, o médico que estava com Michael Jackson na manhã da sua morte, vão tentar provar em tribunal que o "rei da pop" se suicidou, noticia hoje a Associated Press.
Os advogados de Conrad Murray, acusado do homicídio involuntário de Michael Jackson, deverão alegar, numa audiência preliminar marcada para 4 de Janeiro, que o "rei da pop" se suicidou.
A acusação pretende provar que o médico terá prescrito e administrado uma grande dose de um forte anestésico (Propofol, que só deve ser utilizado em ambiente hospitalar) a Michael Jackson. No entanto, a defesa de Conrad Murray deverá argumentar em tribunal que o médico apenas administrou 25 miligramas de Propofol a Michael Jackson, uma dose muito inferior à encontrada no seu corpo durante a autópsia.
David Walgren, o procurador de Los Angeles que tem a seu cargo o caso, disse à Associated Press que, como as seringas encontradas pela polícia na casa de Michael Jackson tinham impressões digitais do cantor, a defesa deverá alegar que foi suicídio: "Não querem dizê-lo, mas é nessa direção que vão", disse David Walgren.
http://2.bp.blogspot.com/_MTLn4zglRS4/SmdDqUO7yyI/AAAAAAAAINE/XAQcQ8nxFRI/s400/400_cmurray_mjackson_090722.jpg

Um comentário:

  1. aham , a é claro o michael se suicidou , vai ver ele não queria mais ver o rosto dos filhos e nem fazer a this is it , quem esse "médico" pensa que é pra falar um coisa dessas ? ele que fugiu depois que o michael morreu , quem não deve não teme ...
    sério odeio ele :@

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...